sexta-feira, julho 20, 2012

Roberto "Beto" Borrego na Baja España Aragón 2012

 

O nosso amigo Betinho está neste momento em Espanha, a participar na Baja España Aragón. É o número 257. 

O prólogo deverá estar a acontecer, mais minuto, menos minuto. Assim que soubermos resultados, comunico. Betinho: estamos a torcer! Mostra aí ao pessoal como é que se anda de mota!
Boa sorte para o piloto e para  a equipa Team Couço TT

Mais informações assim que possível.

quarta-feira, maio 19, 2010

Restruturação

Este blog está em fase de restruturação.
Pedimos desculpa por qualquer falha técnica.

Seremos breves.
Obrigado.

quarta-feira, fevereiro 10, 2010

1º Cross Country de Ponte de Sôr



Informações básicas da prova! / Regulamento·
CLASSES:
Existência de 5 classes divididas da seguinte forma:
MOTOS:
TT1:motos de cilindrada até 175cc 2t,ou até 250cc 4t!
TT2:motos de cilindrada superior a 175cc 2t ,ou superior a 250cc 4t!
QUADS.
Q1:quads de cilindrada superior a 400cc 2t ou 4t!
Q2:quads de cilindrada até 400cc 2t ou 4t!
Geral:
Recebem prémios os 3 primeiros da geral das motos e dos quads
INSCRIÇÕES:
Abertura das inscrições:1 Janeiro 2010
Fecho inscrições:15 Fevereiro 2010
A inscrição poderá ser feita pelas seguintes formas:
Telefone: Ricardo Carrilho-937591746
Roberto Borrego-934447657
Sérgio Pita-916008300
E-mail: cajo1161@hotmail.com ou teammotopita@hotmail.com ou no blog www.teammotopita.wordpress.com
O valor da inscrição é de 20 pinhões de ataque por piloto ate dia 15,no próprio dia terá um acréscimo de 5 euros.
O pagamento da pré-inscrição devera ser feito através de transferência bancária para a seguinte conta :003506390000655480069.
Terá quem tiver feito o pagamento trazer o comprovativo da transferência no dia das inscrições.
A ordem de numeração atribuída aos pilotos será distribuída pela ordem de chegada no dia da prova, entre as 8h00m e as 10h00m(só o próprio poderá levantar o seu numero)
DESCRIÇÃO DA PROVA:
O percurso terá aproximadamente 5 kms que se entendera pela partida na zona de partida da pista de motocross,subindo a famosa barreira do MotoCross e após os 2 primeiros saltos fáceis da pista a prova desenrolar se a pela zona envolvente a pista de MotoCross pelo cabeço do prior, sendo um terreno bastante arenoso e bastante divertido, voltando depois a pista de MotoCross onde percorrera mais uma fácil secção da mesma e inclui uma zona assistência(ZA),no local onde costuma ser situado o parque fechado das provas de MotoCross.
A corrida será concluída após o 1º classificado terminar a 1 hora de duração mais 2 voltas ao percurso na sua totalidade. Todos os pilotos terão de cumprir integralmente o percurso, sendo automaticamente desclassificados se não passarem por todos os postos de controle.
PARTIDAS:
A partida da 1ª corrida será dada pelas 10.30h,com saída de todos os concorrentes inscritos na classe TT1e TT2 ao estilo le mans (a correr para a moto com ela em funcionamento segurada por outro membro da equipa).
A partida da 2º corrida será dada sensivelmente pelas 14.30h,com a saída de todos os concorrentes inscritos nas classes Q1 e Q2 desta vez com os concorrentes em cima do quad e com a mão esquerda levantada e motor a trabalhar.
ABASTECIMENTO:
O abastecimento terá que ser efectuado obrigatoriamente numa área segura, dentro da zona de assistência, de forma a facilitar a passagem dos outros concorrentes. Para efectuar o abastecimento é obrigatório o mesmo ser feito com a moto parada e o motor desligado. Depois de abastecer, o concorrente só pode voltar a pista se esta estiver desimpedida, perdendo a prioridade em relação aos outros concorrentes.
SEGURANÇA
A segurança da corrida estará assegurada por caminheiros distribuídos por todo o percurso.Todo o percurso será assistido por membros da organização (2 permanentemente dentro do traçado com motos próprias de assistência e devidamente sinalizados)e pelo corpo de bombeiros municipais.
SEGURO
A organização não prevê seguro para os intervenientes da corrida, sendo os concorrentes responsáveis por qualquer acidente ocorrido no dia da corrida. A organização aconselha a todos os concorrentes a efectuar 1 seguro próprio, de modo a evitar problemas em caso de acidente.
PREMIOS:
Todos os 3 primeiros classificados de cada classe terão direito a premio,
TT1
1º-50 euros
2º-30 euros
3º-20 euros
TT2
1º -50 euros
2º -30 euros
3º – 20 euros
Geral 2 rodas
1º-100 euros
2º-75 euros
3º50 euros
Q1
1º-50 euros
2º-30 euros
3º 20 euros
Q2
1º-50 euros
2º-30 euros
3º-20 euros
Geral Quads:
1º-100 euros
2º-75 euros
3º-50 euros
ORGANIZAÇÃO
Por fim a organização faz saber que não se responsabilizará por qualquer tipo de acidente ocorrido durante o dia da corrida, tanto com os pilotos, como com as assistências, como com o publico em geral. A organização toma se no direito de alterar o regulamento sempre que entender necessário!
-----

Um evento A NÃO PERDER!

sexta-feira, outubro 30, 2009

Convocatória - BajaPortalegre 2009

A 23ª Baja de Portalegre já começou!









A prova rainha do todo-o-terreno nacional conta este ano com 256 inscritos - 86 automóveis, 80 motos, 65 quads e 25 buggies - e chama-se Baja BP Ultimate Portalegre 500.

De Ponte de Sor vão estar presentes os seguintes pilotos/equipas:

  • 158 - Luigi Power Godinho (Team Xanfre Racing - Alenmoto) - Can-An Ds450X
  • 109 - Betinho (AG Motosport - Serralharia Borrego - Garunda - Pimensor) - KTM 525 XC
  • 142 - Fernando Carvalho (Team Alenmoto / CCRD Ferraria) - Can-Am Renagade 800
  • 411 - Miguel Espírito Santo / Pedro Bragança - Nissan Terrano II
  • 412 - Joaquim Calado / Sérgio Calado - Nissan Terrano I
  • 457 - Vitor Belejo / Sérgio Belejo - Nissan Pickup

Boa sorte a todos!

...

Nota: É a primeira vez que esta prova se realiza sem o amigo José Megre. A esta e a outras, por muito boas que sejam, faltará sempre qualquer coisa. Um abraço Sr. Megre.

quinta-feira, março 26, 2009

A Hora do Planeta

De que se trata?

É algo tão simples como desligar o interruptor.



O que começou como um movimento quase espontâneo que pretendia incentivar os habitantes de Sidney a apagar as suas luzes e despertarem para os problemas ambientais, cresceu e tornou-se numa das maiores iniciativas mundiais de luta contra as alterações climáticas.
Em 2009, às 20H30 de 28 de Março, pessoas em todo o mundo são desafiadas a apagarem as suas luzes por uma hora – a Hora do Planeta.

Pretende-se este ano que mil milhões de pessoas, em mais de 1000 cidades, se unam em torno deste movimento e com este gesto simbólico mostrem que é possível tomar medidas contra o aquecimento global.

A Hora do Planeta começou em 2007, na cidade australiana de Sidney. Nessa altura 2,2 milhões de habitações e empresas desligaram as suas luzes por uma hora. Apenas um ano mais tarde é que este evento se transformou no movimento global para a sustentabilidade que é hoje, com a participação de cerca de 100 milhões de pessoas e abrangendo 35 países.

Desde então, marcos emblemáticos mundiais, tais como a ponte Golden Gate, em São Francisco (EUA), o Coliseu de Roma, em Itália, e o painel publicitário da Coca-Cola em Times Square (Nova Iorque, EUA), ficaram às escuras, como símbolos de esperança por uma causa que se torna mais urgente a cada hora que passa.

A Hora do Planeta 2009 é um apelo global de acção a todos os cidadãos, todas as empresas e todos os Governos. Um apelo para marcar presença, assumir responsabilidade e envolver-se num esforço conjunto para um futuro sustentável.

Edifícios e marcos simbólicos, desde a Europa até às Américas, vão permanecer às escuras no dia 28 de Março. Em várias cidades do mundo, incluindo Lisboa, as pessoas vão apagar as luzes e unir-se para criar uma acção vital que se pretende que desencadeie a discussão sobre o futuro do nosso precioso planeta.

Mais de 70 países vão participar na Hora do Planeta 2009. Este número cresce diariamente à medida que as pessoas começam a entender este movimento como um acto tão simples que pode gerar tão profundamente a mudança.

A Hora do Planeta é uma mensagem de esperança e uma mensagem de acção. Cada um de nós pode fazer a diferença!

Às 20:30 do dia 28 de Março de 2009 apague as luzes e veja a diferença que pode fazer no combate ao aquecimento global; registe-se em http://www.earthhour.org/portugal e junte-se ao movimento HORA DO PLANETA.

sexta-feira, dezembro 19, 2008

Mensagem de Natal TX



Perto ou longe, casados ou não, altos ou nem por isso, fininhos ou mais a dar para o redondo, a trabalhar ou a estudar, com e sem filhos, com e sem óculos, uns mais trabalhadores que os outros, outros mais organizados que os uns, uns com piadas a toda a hora, outros mais calados, com e sem sorte ao amor, loiros ou nem por isso, uns choram com facilidade, outros gaguejam com frequência, outros que também já choram, cada um para seu lado, mas sempre unidos por um sentimento comum: "Aconteça o que acontecer, sou do Team Xanfre!"

Boas Festas e beijinhos para todos do
Team Xanfre Racing

ps: se puderes contribuir para uma noite mais quentinha ou para um sorriso daqueles que mais precisam, não hesites. Vais ver que acabas por sorrir também :)

terça-feira, novembro 18, 2008

A língua portuguesa é mesmo traiçoeira...

quinta-feira, outubro 30, 2008

Betinho Campeão Nacional Quads!







Pois é!
O nosso Betinho (Roberto Borrego) não pára!

CAMPEÃO NACIONAL DE QUADS PROMOÇÃO E 5º DA GERAL!!
PARABÉNS!!!

Um abraço muito especial do Team Xanfre e de todo o pessoal de Ponte de Sôr.

ps: Será que este ano que ganha o Portalegre?
Nunca se sabe!...

quinta-feira, setembro 18, 2008

3ª Maratona BTTSor



A 3ª Maratona BTTSor está aí e é já no próximo sábado, dia 20-09-2008. As incrições são mais de 400!!
Graças à beleza natural de toda a zona onde se realiza a prova, será mais um dia muito bonito para todos os que nela participam ou acompanham.
Espera-se, como sempre, um evento exemplar a nível de organização.

É mais um daqueles que só quem lá está é que sabe como é bom ;)

Visitem: www.bttsor.com

Beijinhos e abraços,
Pita da Vespa

quinta-feira, abril 24, 2008

Luigi Power!!!

Raid Ferraria 2008



O Campeonato Nacional de Todo-Terreno completa a sua primeira metade no próximo fim-de-semana, com uma prova bem conhecida dos adeptos da modalidade: o Raid TT Ferraria, já na sua 22.ª edição, leva quase centena e meia de pilotos até ao Concelho do Gavião.

A prova organizada pelo C.C.R.D. da Ferraria apresenta alguns aspectos que a caracterizam no panorama caseiro do Todo-Terreno: é exclusivamente dedicada às hostes motociclísticas, cumpre-se em três voltas consecutivas a um percurso de média extensão, e o Prólogo não conta para a classificação final, servindo apenas para ordenar os concorrentes com vista ao sector selectivo.

A acção decorre no Concelho do Gavião, a vila do Alto Alentejo que constitui a base operacional do evento, sendo a Ferraria uma localidade situada nesse município. Aproveitando o Feriado do "25 de Abril", o Prólogo disputa-se na Sexta-Feira, e o sector selectivo no dia seguinte – num percurso que alterna zonas sinuosas e rápidas, incluindo algumas travessias de cursos de água.

Paulino Cruz e João Lopes surgem destacados, mas também merece especial referência o desempenho de Roberto Borrego, piloto da classe Promoção que partilha o 3.º lugar absoluto com André Rocha. Quanto à situação nas diferentes classes – de motos ou quads - uma olhada às respectivas classificações permite antever alguns despiques "agendados" para este Raid TT Ferraria.

Fonte FNM


---

Preparados para a aventura?
É já no sábado, dia 26 de Abril.

O nosso amigo Luigi (Power) Godinho vai surpreender muita gente.
O Garôlas vai andar sempre acima do normal.
Quanto ao Beto, embora ele não esteja com muita vontade, há já quem esteja a tentar convencê-lo a ganhar a prova.

Há dúvidas?
O melhor é estar presente e assistir pessoalmente.

Um abraço a todos e bom descanso para os pilotos.



Luigi Power


Betinho


Garôlas

quarta-feira, março 12, 2008

O Alentejo



"Palavra mágica que começa no Além e termina no Tejo, o rio da Portugalidade. O rio que divide e une Portugal e que à semelhança do Homem Português, fugiu de Espanha à procura do mar.

O Alentejo molda o carácter de um homem. A solidão e a quietude da planície dão-lhe a espiritualidade, a tranquilidade e a paciência do monge; as amplitudes térmicas e a agressividade da charneca dão-lhe a resistência física, a rusticidade, a coragem e o temperamento do guerreiro. Não é alentejano quem quer. Ser alentejano não é um dote, é um dom. Não se nasce alentejano, é-se alentejano.

Portugal nasceu no Norte mas foi no Alentejo que se fez Homem. Guimarães é o berço da Nacionalidade, Évora é o berço do Império Português. Não foi por acaso que D. João II se teve de refugiar em Évora para descobrir a Índia. No meio das montanhas e das serras um homem tem as vistas curtas; só no coração do Alentejo, um homem consegue ver ao longe.

Mas foi preciso Bartolomeu Dias regressar ao reino depois de dobrar o Cabo das Tormentas, sem conseguir chegar à Índia, para D. João II perceber que só o costado de um alentejano conseguia suportar com o peso de um empreendimento daquele vulto. Aquilo que para o homem comum fica muito longe, para um alentejano fica já ali. Para um alentejano não há longe nem distância, porque só um alentejano percebe intuitivamente que a vida não é uma corrida de velocidade, mas uma corrida de resistência onde a tartaruga leva sempre a melhor sobre a lebre.

Foi, por esta razão, que D. Manuel decidiu entregar a chefia da armada decisiva a Vasco da Gama. Mais de dois anos no mar... E, quando regressou, ao perguntar-lhe se a Índia era longe, Vasco da Gama respondeu: «Não, é já ali.». O fim do mundo, afinal, ficava ao virar da esquina.

Para um alentejano, o caminho faz-se caminhando e só é longe o sítio onde não se chega sem parar de andar. E Vasco da Gama limitou-se a continuar a andar onde Bartolomeu Dias tinha parado. O problema de Portugal é precisamente este: muitos Bartolomeu Dias e poucos Vasco da Gama. Demasiada gente que não consegue terminar o que começa, que desiste quando a glória está perto e o mais difícil já foi feito. Ou
seja, muitos portugueses e poucos alentejanos.

D. Nuno Álvares Pereira, aliás, já tinha percebido isso. Caso contrário, não teria partido tão confiante para Aljubarrota. D. Nuno sabia bem que uma batalha não se decide pela quantidade mas pela qualidade dos combatentes. É certo que o Rei de Castela contava com um poderoso exército composto por espanhóis e portugueses, mas o Mestre de Avis tinha a vantagem de contar com meia-dúzia de alentejanos. Não
se estranha, assim, a resposta de D. Nuno aos seus irmãos, quando o tentaram convencer a mudar de campo com o argumento da desproporção numérica: «Vocês são muitos? O que é que isso interessa se os alentejanos estão do nosso lado?»

Mas os alentejanos não servem só as grandes causas, nem servem só para as grandes guerras. Não há como um alentejano para desfrutar plenamente dos mais simples prazeres da vida. Por isso, se diz que Deus fez a mulher para ser a companheira do homem. Mas, depois, teve de fazer os alentejanos para que as mulheres também tivessem algum prazer. Na cama e na mesa, um alentejano nunca tem pressa. Daí a resposta de Eva a Adão quando este, intrigado, lhe perguntou o que é que o alentejano tinha que ele não tinha: «Tem tempo e tu tens pressa.» Quem anda sempre a correr, não chega a lado nenhum. E muito menos ao coração de uma mulher. Andar a correr é um problema que os alentejanos, graças a Deus, não têm. Até porque os alentejanos e o Alentejo foram feitos ao sétimo dia, precisamente o dia que Deus tirou para descansar.

E até nas anedotas, os alentejanos revelam a sua superioridade humana e intelectual. Os brancos contam anedotas dos pretos, os brasileiros dos portugueses, os franceses dos argelinos... só os alentejanos contam e inventam anedotas sobre si próprios. E divertem-se imenso, ao mesmo tempo que servem de espelho a quem as ouve.

Mas para que uma pessoa se ria de si própria não basta ser ridícula, porque ridículos todos somos. É necessário ter sentido de humor. Só que isso é um extra só disponível nos seres humanos topo de gama.

Não se confunda, no entanto, sentido de humor com alarvice. O sentido de humor é um dom da inteligência; a alarvice é o tique da gente bronca e mesquinha. Enquanto o alarve se diverte com as desgraças alheias, quem tem sentido de humor ri-se de si próprio. Não há maior honra do que ser objecto de uma boa gargalhada. O sentido de humor humaniza as pessoas, enquanto a alarvice diminui-as. Se Hitler e Estaline se rissem de si próprios, nunca teriam sido as bestas que foram.

E as anedotas alentejanas são autênticas pérolas de humor: curtas, incisivas, inteligentes e desconcertantes, revelando um sentido de observação, um sentido crítico e um poder de síntese notáveis.

Não resisto a contar a minha anedota preferida. Num dia em que chovia muito, o revisor do comboio entrou numa carruagem onde só havia um passageiro. Por sinal, um alentejano que estava todo molhado, em virtude de estar sentado num lugar junto a uma janela aberta. «Ó amigo, por que é que não fecha a janela?», perguntou-lhe o revisor.
«Isso queria eu, mas a janela está estragada.», respondeu o alentejano. «Então por que é que não troca de lugar?» «Eu trocar, trocava... mas com quem?»

Como bom alentejano que me prezo de ser, deixei o melhor para o fim. O Alentejo, como todos sabemos, é o único sítio do mundo onde não é castigo uma pessoa ficar a pão e água. Água é aquilo por que qualquer alentejano anseia. E o pão... Mas há melhor iguaria do que o pão alentejano? O pão alentejano come-se com tudo e com nada. É aperitivo, refeição e sobremesa. E é o único pão do mundo que não tem pressa de
ser comido. É tão bom no primeiro dia como no dia seguinte ou no fim da semana. Só quem come o pão alentejano está habilitado para entender o mistério da fé. Comê-lo faz-nos subir ao Céu!

É por tudo isto que, sempre que passeio pela charneca numa noite quente de verão ou sinto no rosto o frio cortante das manhãs de Inverno, dou graças a Deus por ser alentejano. Que maior bênção poderia um homem almejar?"


---

in Rexistir, Santana-Maia Leonardo

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

1º Torneiro de Sueca Açoreannus Bar



No próximo dia 09 de Março de 2008 irá realizar-se o 1º Torneiro de Sueca Açoreannus Bar.
O torneiro terá início pelas 15 horas (inscrições às 14h - limitadas a 40 equipas).

Todas as equipas fazem 5 partidas de 15 jogos.
As 7 equipas melhor classificadas recebem um prémio em ouro. A todos os participantes será entregue uma lembrança do torneio.

Para mais informações, contactar acoreannus_bar@sapo.pt ou os telemóveis 967492496 e 933601874 .


Boa sorte!

terça-feira, fevereiro 19, 2008

Sabiam que...

Ninguém é obrigado a pagar couvert se não o pedir, mesmo que o coma?

A Associação Portuguesa de Direito do Consumo (APDC) alertou hoje que qualquer consumidor pode recusar pagar o couvert que habitualmente os restaurantes colocam na mesa dos clientes sem ser pedido, mesmo que seja consumido.

Segundo a associação, se o cliente recusar pagar o couvert e o restaurante exigir o dinheiro, o proprietário do estabelecimento poderá estar a incorrer no crime de especulação.

Se num restaurante colocarem a «entrada» na mesa sem o cliente a pedir, em circunstância alguma terá de a pagar, defende a APDC porque como o couvert lhe foi apresentado sem o ter pedido, poderá mesmo consumi-lo sem ter de o pagar, porque a lei a tal não obriga.

«O consumidor não fica obrigado ao pagamento de bens ou serviços que não tenha prévia e expressamente encomendado ou solicitado, ou que não constitua cumprimento de contrato válido, não lhe cabendo, do mesmo modo, o encargo da sua devolução ou compensação, nem a responsabilidade pelo risco de perecimento ou deterioração da coisa», explica a APDC em comunicado.

«Não são os usos comerciais que fazem lei. É a lei expressa que tem de ser observada com todo o rigor. A aposição dos acepipes na mesa - sem prévia solicitação - pode configurar um ilícito», ao abrigo do o n.º 4 do art.º 9.º da Lei de Defesa do Consumidor, lê-se no mesmo texto.

Segundo a Associação Portuguesa de Direito do Consumo, o DL 143/2001, de 26 de Abril, corrobora esse entendimento no seu artigo 29, ao consagrar que «é proibido o fornecimento ou a prestação de serviços ao consumidor que incluam um pedido de pagamento, sem que este os tenha previamente encomendado».

A associação acrescenta que «o destinatário de bens ou de serviços recebidos sem que por ele tenham sido encomendados ou solicitados, ou que não constituam o cumprimento de qualquer contrato válido, não fica obrigado à sua devolução ou pagamento, podendo conservá-los a título gratuito».

A APDC sublinha ser a mesma lei a consagrar que a «ausência de resposta do destinatário não vale como consentimento».

Qualquer empresário de restauração que não respeite estes preceitos legais incorre no pagamento de coimas que, nos casos de sociedades mercantis, oscilam entre os 3.500 e os 35.000 euros, além de eventuais penas acessórias, refere o mesmo comunicado.

Acrescenta ainda que a Lei Penal do Consumo (art.º 35 do DL 28/84, de 20 de Janeiro) tem também solução para os autores de tais ilegalidades, prevendo uma pena de prisão de seis meses a três anos e multa não inferior a 100 dias pelo crime de especulação.

fonte: Lusa / SOL

---

Finalmente!


segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Não custa nada... e pode fazer tanta diferença!

Escuridão mundial: No dia 29 de Fevereiro de 2008, das 19:55 às 20:00 horas (hora de Lisboa - GMT) propõe-se apagar todas as luzes e se possível todos os aparelhos eléctricos, para o nosso planeta poder "respirar". Se a resposta for massiva, a poupança energética pode ser brutal. Só 5 minutos, para ver o que acontece. Sim, estaremos 5 minutos às escuras - podemos acender uma vela e simplesmente ficar a olhar para a escuridão, estaremos a respirar nós e o planeta. Lembrem-se que a união faz a força e a Internet pode ter muito poder e podemos mesmo fazer algo em grande. Passa a notícia, se tiveres amigos a viver noutros países envia-lhes e pede-lhes que façam a tradução e adaptem as horas.

Total darkness: on February 29th, 2008, from 19:55 to 20:00 (Lisbon time - GMT standard time), the idea is for everyone to turn off all the lights and, if possible, all electrical devices, so that our planet can "breath". If the response to this appeal is massive, the energetic saving can be massive. Only 5 minutes, to see what happens. Yes, for 5 minutes we will be in darkness - we can light a candle or simply gaze at the darkness, we will simply be breathing, us and the planet. Remember that union makes power, and Internet can have a lot of power - we can do something really big. Spread this idea, if you have friends living in other countries, send them this message and ask them to translate and adapt the hours.

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

3º Passeio Trilhos do Sor



No próximo dia 10 de Fevereiro, terá lugar mais um grande evento de todo-o-terreno em Ponte de Sor. Organizado pelo Clube Rottas do Sor, neste 3º passeio são admitidas viaturas 4x4, motos e moto4.


Para mais informações, contactar:

  • 912759737 Nuno Encarnação
  • 938650650 Capitcho
  • 932475701 Alexandre Ramos
  • 964374610 Filipe Parelho

Se estás a precisar de respirar um pouco de ar puro, esta é a oportunidade ideal. As inscrições são limitadas.