quarta-feira, junho 27, 2007

Sérgio Pita - 2º classificado Troféu Suzuki


O jovem piloto pontessorente Sérgio Pita sagrou-se este mês vice-campeão na edição de 2007 do Troféu Suzuki Cepsa Cetelem Motojornal, a mais participada de sempre!

Infelizmente, não temos nenhuma fotografia do nosso piloto, pelo que solicitamos a quem nos puder fazer chegar uma (ou mais), o favor de o fazer para o e-mail tx@teamxanfre.com .

Fica a notícia (enviada pelo Fófó) e os sinceros parabéns do TXRacing para o Sérgio por este magnífico resultado e para o seu Pai/motorista/mecânico/preparador/manager Tó Pita, pelo grande esforço que tem desenvolvido ao longo destes anos.

Fófó: thanks pela dica ;)

----------
(editado em 29-06-2007)

Já temos aqui uma bela foto, com os cumprimentos do Luis Godinho.
Não haverá por aí mais?




E aqui ficam mais duas enviadas pelo Fófó.





----------

Com a realização da prova de Ourém chegou ao fim o Troféu Suzuki Cepsa Cetelem Motojornal, sendo que nesta ultima jornada compareceram 17 pilotos. A edição de 2007 foi a mais participada de sempre, com uma média de 19 pilotos por prova, traduzindo assim o enorme êxito que a iniciativa dos Veículos Casal tem junto dos pilotos que pretendem competir no Nacional de Motocross com um orçamento reduzido.

Os pilotos depararam-se com uma pista em excelentes condições, fruto do trabalho incasável do Natureza Motor Club, tendo sido acompanhados pela Pentacontrol na realização e publicação dos resultados da prova.

Mais uma vez Hugo Basaula ditou a sua lei, conseguindo levar de vencida as 6 jornadas que compunham o Troféu Suzuki Cepsa Cetelem Motojornal. Aos comandos da Suzuki RMZ250, Hugo Basaula mostrou um andamento impressionante, confirmando-se como um dos melhores valores nacionais na classe MX2.
Sérgio Pita e Bruno Dores travaram uma disputada luta pelo 2º lugar pois chegaram a Ourém empatados na tabela classificativa. No final seria o jovem Sérgio Pita a ocupar o 2º lugar e Bruno Dores a subir ao lugar mais baixo do pódio. Ambos os pilotos foram uma agradável surpresa, evidenciado assim um andamento bastante rápido com as suas Suzuki.
João Marques levou a Suzuki RMZ 450 ao 4º lugar no circuito Acel Sport de Ourém, alcançando lugar idêntico na classificação final do troféu. O piloto esteve sempre muito regular ao longo da época e mostrou que não fosse a ausência na jornada inaugural certamente a sua classificação final teria sido melhor.

Para o piloto da Figueira da Foz, Vítor Costa, a sua prestação ficou marcada pela queda aparatosa na manga de Elite, que o impediu de ir além do 5º lugar.

No 6º lugar ficou Sérgio Miranda seguindo-se o endurista Ricardo Ferreira e Gonçalo Espenica. A fechar o Top Ten ficou o homem que tripula a Suzuki RM 250, Tomás Salgado.
Pontuaram ainda os seguintes pilotos: Hugo Silva, José Antunes, Rui Policarpo, Márcio Rodrigues, Carlos Silva e Nuno Salgueiro.

Uma nota final para os pilotos que devido a lesões sofridas não puderam participar nas jornadas, mas que enquanto estiveram em prova demonstraram um grande empenho. Esperamos por isso o seu regresso o mais breve possível às pistas de Motocross.

Para o êxito deste espectacular Troféu Suzuki Cepsa Cetelem Motojornal, há a destacar o grande empenho de todos os patrocinadores tais como a Kenda, Polisport, Renthal, Fozmotor.com, Twin Air e Delta Braking. Também como já vem sendo habitual, contámos com os excelentes serviços da PentaControl e com o apoio de todas organizações envolvidas na realização das provas e da Federação Nacional de Motociclismo.

No final da prova, Hugo Basaula não escondia a sua satisfação por ter conquistado o nº 1 entre as Suzuki, e por esse motivo fomos ouvir a sua opinião sobre o seu desempenho ao longo da época de 2007.

Troféu Suzuki: Apesar de ganhares todas as provas houve grande luta pelos lugares cimeiros nesta competição, quais foram os teus grandes adversários?
Hugo Basaula: Todos os participantes foram bons adversários dentro do bom ambiente que se viveu neste Troféu.

TS: A moto com que competiste, a Suzuki RMZ 250, como se comportou durante o Campeonato?
HB: A nova mota é muito boa, completamente diferente do modelo anterior e mais competitiva. Exemplo dessa evolução foi o título de Campeão que o meu colega de equipa, Sandro Marcos, conseguiu alcançar logo no ano de estreia. A ciclística da mota é bastante maneável e muito mais curta do que a RMZ 450, ficando ainda melhor com o escape Pro Circuit. Devido ao novo modelo consegui fazer melhores resultados e andar mais rápido na Elite e na classe MX2.

TS: Também surgiram este ano novos pneus Kenda, qual a tua opinião sobre o seu comportamento nas pistas de motocross?
HB: Os pneus Kenda tem vindo a evoluir bastante, e este ano com o lançamento da nova goma “stick” melhorou muito a aderência nos pisos dos circuitos que compunham o Troféu.

TS: Depois de terminada a época de motocross, surge agora o Campeonato de Supercross, o que esperas conseguir nesta competição?
HB: Acima de tudo quero estar muito concentrado para que não surjam lesões, nestas semanas tenho de trabalhar muito para que os resultados possam aparecer neste novo Campeonato.

TS: Para finalizar o que achas desta iniciativa dos Veículos Casal em realizar o Troféu Suzuki?
HB: Acho muito boa porque dá oportunidades a jovens pilotos como eu de se revelarem com menos custos.

Classificação Final Motocross Ourém
1º Hugo Basaula, 25 Pontos
2º Sérgio Pita, 22 Pontos
3º Bruno Dores, 20 Pontos
4º João Marques, 18 Pontos
5º Vítor Costa, 16 Pontos
6º Sérgio Miranda, 15 Pontos
7º Bruno Ruivo, 14 Pontos
8º Ricardo Ferreira, 13 Pontos
9º Gonçalo Espenica, 12 Pontos
10º Tomás Salgado, 11 Pontos
11º Hugo Silva, 10 Pontos
12º José Antunes, 9 Pontos
13º Rui Policarpo, 8 Pontos
14º Márcio Rodrigues, 7 Pontos
15º Carlos Silva, 6 Pontos
16º Nuno Salgueiro, 5 Pontos

Classificação Final
1º Hugo Basaúla, 150 Pontos
2º Sérgio Pita, 102 Pontos
3º Bruno Dores, 100 Pontos
4º João Marques, 83 Pontos
5º Francisco Marcelo, 80 Pontos
6º Sérgio Miranda, 71 Pontos
7º Bruno Ruivo, 66 Pontos
8º Tomás Salgado, 57 Pontos
9º Vítor Costa, 54 Pontos
10º Ricardo Ferreira, 54 Pontos
11º Gonçalo Espenica, 50 Pontos
12º Ross Riley, 49 Pontos
13º Márcio Rodrigues, 44 Pontos
14º Carlos Silva, 42 Pontos
15º Hugo Silva, 41 Pontos
16º Luís Marques, 38 Pontos
17º Hugo Oliveira, 37 Pontos
18º Daniel Ferreira, 36 Pontos
19º Armindo Nascimento, 33 Pontos
20º José Antunes, 24 Pontos
21º Rui Policarpo, 24 Pontos
22º Joel Leandro, 23 Pontos
23º Nuno Salgueiro, 20 pontos
24º Filipe Sampaio, 8 Pontos
25º Nuno Gomes, 5 Pontos
26º Martin Rodrigues, 1 Ponto
Fozmotor.com, 2007-06-18

terça-feira, junho 12, 2007

Com muita alma e coração



O tamarugo acordou. A semente que um dia alguém deitou, tem agora novos rebentos e frutos. A Rádio Tamarugo volta assim a transmitir, com cores novas e com o mesmo carinho de sempre.

Boa viagem João.