quarta-feira, fevereiro 28, 2007

Raid Foros do Mocho - a reportagem


Beto, sempre muito sossegadinho

Dia de sol radiante. O Team Xanfre chega aos Foros do Davide Rodolfo e calmante instala-se no relvado do Sr. Jorge Leite. A vista era tipo camarote presidencial, o grelhador (gentilmente emprestado pelo anfitrião) aceso, grades de minis, febras e chouriços a condizer. Como sempre, a equipa mais bem disposta e concorrida. O dia prometia ser animado.

Começam os treinos livres. Nos quads tudo bem, com Beto a dar nas vistas. Nas duas rodas o primeiro azar: a KTM 450 do Tonhão e do Duque desfez o rolamento da roda de trás. Nada que leve um verdadeiro Xanfre a desistir. Os dois pilotos pegaram prontamente na Hyundai do Sr. Stihl e foram a Ponte de Sor buscar outra mota para fazerem a prova.

Começa a prova de quads. Primeira baixa: o Mocho ía ficando mono-to-much na sequência de um violento capotanço em que a Warrior lhe caiu em cima. Adivinhem onde lhe bateu uma das manetes! Foi mesmo aí... O Sr. Stihl, com uma vontade desenfreada de recuperar o azar do seu colega piloto, que nem estava sossegado na assistência, foi, também ele, travado pelo azar. Um azar chamado capotanço, que atinge por vezes o pessoal das moto 4 quando a escolha das suspensões (ainda por cima novas) não é a mais indicada para o terreno. Foi o caso.

Novo azar: Beto viu a sua Yamaha YFZ 450 calar-se de vez, quando rodava entre os cinco primeiros. Saltou o carburador e nunca mais trabalhou. “Deve ter sido dos saltos”, comentava o público, completamente trespassado com o andamento do nosso piloto.

Restavam então o “primo Ximão” e o Tó-Zé, que cumpriram da melhor forma o seu objectivo e chegaram ao fim como dois verdadeiros campeões, sem problemas e frescos que nem uma alface – pelo menos o segundo, mas já lá vamos.

Algum tempo depois começava então a prova de duas rodas.
Tonhão e Duque a cumprirem muito bem, conforme podemos ver pelas fotos, embora, na minha opinião, tenham andamento para bastante mais do que aquilo que mostravam.

Entretanto, o momento da tarde. Pára uma VOR 450 na assistência e o piloto pergunta ao Tó-Zé (aquele que já tinha feito a prova de quads) se não quer andar. Este responde que sim, mas só para dar duas ou três voltas. Conclusão: já não largou mais a mota até ao final da prova! Isto é que é o Espírito Team Xanfre! Grande capacidade física a deste concorrente! AH GRANDE TÓ-ZÉ!!!


Resultado: dos quatro quads à partida, terminaram dois. Nas duas rodas, o pleno: duas motas à partida com ambas a terminaram.

Como nota final, de referir que o “primo Ximão” estava abesbíblico com o Tó-Zé. Como é possível, depois de tanto sofrimento, ainda ter vontade para andar mais do que tinha andado na prova de quads?”, perguntava-se o “primo Ximão”, que nem conseguia levar um cigarrinho à boca, quanto mais pegar numa mota.

Acho que o pessoal vai todo comprar moto serras 0,70 ao Sr. Stihl para treinar os braços.
Mesmo assim, estão todos de parabéns pela coragem de terem alinhado à partida.


Um abraço,
Fófó

por favor, não clique aqui

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Raid Foros do Mocho

Está confirmado STOP Nem sei se é bom se é mau STOP É que o Ernesto e o Moxo vão fazer a prova STOP Na mota do moxo STOP Na Warrior! STOP Tou pa ver... STOP Bem... diz q'aquilo já é uma 350! STOP E o que me faz mais espécie nem é isso STOP É que o Duque também vai STOP NUMA KTM!!! STOP É o princípio do fim... STOP Ao menos vai com o Tonhão STOP Bom rapaz STOP Aliás, os dois STOP Parece que o Betinho também vai STOP Mas esse é outro filme STOP E o Simão de Aldeia Velha também STOP Vamos ver STOP Uma coisa é certa STOP Vão ser os piores STOP E não é em cima da mota STOP

É já amanhã PONTO

III Passeio TT Puro Aço



Qualquer dia temos que ir dar uma volta com esta rapaziada.